A historia da banda Metallica começa em Los Angeles, no ano de 1981, quando Lars Ulrich e James Hetfield se juntam e resolvem formar a banda, para completar o grupo, a ele se juntam Ron McGovney no baixo e Dave Mustaine na guitarra. Dois anos depois Cliff Burton junta-se ao grupo como novo baterista. É então que a banda grava a primeira demo, “No lifeTil Leather”, que contém sete músicas.

Entretanto Dave Mustaine sai do grupo e a banda segue para Nova York, onde gravam o primeiro LP, com Kirk Hammett na guitarra. Quando o álbum “Kill Em All” é lançado, mostra uma banda com velocidade, energia e algo a mais do que as bandas do gênero da altura. Em 1984 é lançado o segundo álbum, “Ride the Lightning” que ficou durante 50 semanas no Top 200 da Billboard, danda a certeza de que Metallica vinha para ficar, sendo algo a mais do que as outras bandas do género.

Passados dois anos, é lançado o álbum “Master of Puppets”, que vendeu um milhão de cópias só nos Estados Unidos. Durante a primeira turnê europeia da banda, aconteceu algo triste, o autocarro no qual a banda viajava derrapou numa estrada sueca devido ao gelo, o acidente, causou a morte imediata de Cliff Burton a 27 de setembro de 1986. Apesar da perda a banda segue em frente, e algumas semanas depois, encontraram o novo baterista, Jason Newwsted, que se encaixa completamente na sonoridade da banda.

Metallica voltou à Europa em 1987, para concertos que foram adiados devido a morte de Cliff. A garagem de Lars é convertida num estúdio de ensaio, onde o grupo grava “Garage Days Revisited”, que contém vários covers. No mesmo ano a banda toca no Donington Festival. No ano seguinte é lançado “Cliff Em All”, uma homenagem ao antigo baixista. Ainda nesse ano é lançado o quarto álbum “And Justice for All”, que bateu recordes de vendas, e ajudou a levar a banda numa turnê mundial.

Em 1991 é lançado o álbum “Metallica”, também chamado de “The Back Album”, que provocou uma divisão de opiniões tanto entre a crítica como entre os fãs. O som da banda continuava pesado, mas havia algo de diferente, o que muitos viram como sendo o resultado do novo produtor da banda, Bob Rock, que havia trabalhado com Bon Jovi. Apesar de tudo, o disco é um sucesso de vendas incontestável, e depois desse sucesso, a banda dá 300 concertos pelo mundo entre agosto de 1991 e julho de 1993.

Após um ano de férias da banda, o grupo participou no festival Lollapalooza, e regressou aos estúdios para gravar “Load”, que foi lançado em 1996. O trabalho feito em estúdio durante as gravações de “Load” foi tão produtivo, produzindo tantas músicas, que em 1997 foi lançado “Reload”, contendo todo o material extra das gravações anteriores.

Em 1998 é lançado “Garage Inc”, um álbum duplo que contem apenas covers, sendo alguns deles, “Whiskey In The Jar” de Thin Lizzy, “Tuesdays Gone” de Lynyrd Skynyrd, e “Die Die My Darling” de The Misfits.

Em 1999 a banda anuncia a gravação de “S & M”, um álbum ao vivo, contudo, com uma orquestra inteira a acompanhar o grupo no palco. O resultado da nova sonoridade foi tão positivo, que uma das músicas, “Nothing Else Matters”, se tornou num videoclipe.

Após isso, o baixista Jason Newsted abandonou o grupo, segundo ele, devido á falta de liberdade na composição das musicas e insatisfação com o caminho musical que seguiam. Algum tempo depois, James Hetfield internou-se numa clinica de reabilitação. O que fez com que a banda estivesse parada durante alguns anos.

Em 2003, a banda regressou com a força toda. Robert Trujillo junta-se ao grupo no baixo, e a banda lança “St. Anger”, um disco muito mais pesado do que os últimos trabalho do grupo, que traz de volta o peso e a agressividade ao som da banda

História da Banda
Voltar